Como cuidar do seu casamento

Cada ser humano é único, cada um carrega sua bagagem de vida… desde o ventre materno, as experiências da infância, pré-adolescência, adolescência, fase adulta, e por aí vai… também têm os aprendizados com os pais, com a família, escola, amigos, estranhos… Por esses e muitos outros fatores, não há no mundo um ser igual ao outro. Por mais parecidos que sejam duas pessoas, há sempre muitas e muitas diferenças entre elas. Uma mesma lição que uma pessoa aprende não é aprendida da mesma maneira por outra pessoa.

Por cada pessoa ser única, suas diferenças podem causar desacordos, principalmente no início do casamento, em que ambos estão se conhecendo no dia a dia. E é por isso que, antes de se casarem, os namorados precisam se conhecer bem, sua história, suas experiências de vida, sua família. É isso mesmo, quanto mais nos conhecemos, mais nos atentamos às necessidades do outro, e mais somos compreensivos.

Lembro que eu e meu marido conversamos muito no início do nosso casamento, pois ele foi criado em uma cultura diferente da minha, de outra nacionalidade, e apesar de sermos muito parecidos em gostos, no dia a dia sabíamos que encontraríamos muitas diferenças por causa disso… e encontramos!

Amadurecemos muito nas situações em que discordávamos, com muito diálogo, paciência e carinho; entendemos aos poucos que discordar não é criar um conflito, e sim, simplesmente, que pensamos diferente a respeito de algo.

Mesmo sabendo lidar com as diferenças, as dificuldades chegam… mas… o que fazer quando elas chegam? Como cuidar do seu casamento?

nature-1790142_1920

É preciso saber ouvir, saber a hora de falar e a hora de calar… Às vezes esperamos algo do outro e ele não faz ideia disso, então nos frustramos, demonstramos isso e ele continua sem entender. Se você quer algo, fale. Se algo é importante para você, fale. Quer descobrir algo sobre ele, pergunte. A comunicação é tudo!

Em um desacordo ou conflito, procure resolver com paciência, respeito e carinho, buscando uma solução que seja boa para ambos. Se não encontrarem um meio termo, vocês terão que aprender a ceder. Nunca se deixe levar pela raiva e jamais grite.

Tenham sempre uma regrinha básica: nunca vão dormir à noite sem resolver um problema. É preciso dialogar, perdoar e confiar. Acreditem, isso é muito muito importante!

Assim como é preciso perdoar, é preciso também pedir desculpa quando errar.

Agradeça sempre. A gratidão é algo muito rico, traz valor ao casamento.

As tarefas do lar devem ser divididas para não sobrecarregar uma das partes.

Namore seu esposo. Muitas vezes os filhos, o trabalho, as obrigações do dia a dia roubam o tempo do casal. Se dediquem um ao outro, conversem, saiam a sós, com os amigos, dêem uma escapadinha sem culpa, divirtam-se! Trate esses momentos com prioridade!

Beije, abrace, deixe um bilhetinho, seja romântico… sempre!

Comemore os aniversários de casamento, de namoro, de quando se conheceram etc.

Saia da rotina com um cinema, um jantar à luz de velas, um vinho à noite, um passeio no parque…

Se precisar apontar as falhas do seu cônjuge, faça com delicadeza e carinho; dessa maneira ele não ficará na defensiva e ainda considerará o comentário como uma sugestão construtiva.

Dê o melhor de si ao seu cônjuge.

Mantenha o bom humor sempre.

Nunca é tarde para mudar, mesmo apesar dos anos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s